gtag('config', 'UA-64741302-1');

Biometria

Biometria
Considerado um dos métodos mais seguros de identificação, a biometria está cada vez mais presente na vida das pessoas. Aeroportos, agências bancárias, urnas eletrônicas é até parques temáticos fazem uso desta técnica de reconhecimento das características únicas de cada pessoa.

Para que um sistema biométrico funcione sem problemas alguns equipamentos são necessários: scanner ou sensor, um computador relativamente potente e um software para a análise das imagens captadas.

Métodos:
Veias das mãos - mesmo que tenha sido descoberta há pouco tempo, esta característica é muito confiável para o reconhecimento de pessoas, pois além de ser imutável a falsificação deste tipo de informação é quase impossível. Além disso, o custo para obtenção de images para identificação é relativamente baixo;

Impressão digital - é a forma mais comum de identificação. Além de ser o método mais rápido é também o que exige recursos de mais baixo custo. 

Reconhecimento facial – um dos métodos de identificação menos vantajosos. A baixa confiabilidade em união com o alto custo computacional para leitura, reconhecimento e pesquisa faz deste recurso um dos menos utilizados para sistemas em tempo real;

Íris – embora exija equipamentos de alto custo para análise, a íris é uma característica muito confiável para identificar as pessoas. É imutável com o passar dos anos e quase impossível de ser clonada;

Retina – a identificação por meio da retina já é muito utilizada em sistemas de alta segurança. É totalemente confiável e a retina também é imutável. Os problemas ficam por conta do incômodo na obtenção de uma imagem da retina e no alto custo financeiro exigido;

Geometria da mão – menos confiável do que a impressão digital, o reconhecimento por meio da geometria palmar enfrenta problema quanto ao correto posicionamento da mão na superfície do scanner, sem falar nos anéis e acessórios que muitas pessoas utilizam.